Oton Jasse vence Renan Altamiro na luta principal do WOCS 47 | Território Tupiniquim

Oton Jasse vence Renan Altamiro na luta principal do WOCS 47

Aconteceu no dia 07 de outubro de 2017 o Watch Out Combat Show (WOCS), edição de número 47. Repetindo a dose (de sucesso) da edição anterior, o evento comandado pelos mestres Tata Duarte e Phillip Lima voltou a ter como casa o Hotel Laghetto Stilo, na Barra da Tijuca – RJ.
O WOCS promoveu um total de 14 lutas, sendo três amadoras. O card principal do evento contou com transmissão ao vivo pela TV, enquanto os cards preliminar e amador puderam ser acompanhados por todo o público em tempo real, na página oficial do WOCS no Facebook.
O Card Principal foi destaque por suas lutas eletrizantes, em que nenhuma delas precisou ir para decisão dos árbitros laterais.
Na luta principal da noite, o “Rei do Triângulo de Mão” Oton Jasse confirmou não só seu favoritismo, mas também seu apelido, vencendo Renan Altamiro com a finalização que é a sua especialidade, pela 9ª vez na carreira.
Quem também confirmou seu favoritismo foi Polyana Viana. A “Dama de Ferro” terminou sua luta rapidamente, finalizando Pâmela “Pitbull” já no início do primeiro round e mostrando mais uma vez que está pronta para figurar entre os maiores eventos do planeta.
Além disso, o jovem talento da Tata Fight Team Jansey “Jones” Silva atendeu a expectativa dos fãs e, com um belo nocaute ainda nos primeiros minutos de luta, venceu o seu oponente Rômulo Corrêa, que aceitou enfrentá-lo dias antes do evento.
No card preliminar, o público que lotou as dependências do Hotel Laghetto Stilo pôde acompanhar uma luta, digamos, internacional: dando início aos trabalhos da categoria profissional, Igor “Pescocinho” Maraçat encarou o uruguaio Gonzalo Loffler em uma luta que terminou na decisão dos juízes, com vitória do uruguaio da Baixinho Team por unanimidade.
Jovem promessa de sua categoria, Mateus “Magriça” Brauns venceu Leandro Vieira em uma das melhores lutas da noite, com um nocaute técnico no 2° round após grande batalha. Além disso, Rudson Caliocane também se sagrou vitorioso por nocaute técnico, em outra ótima luta.
Finalizando o card preliminar, Edcarlos Peixe venceu seu adversário Paulo Roberto por desqualificação do oponente, após receber um golpe ilegal.
O WOCS 47 também marcou a volta do card amador na organização, promovendo a luta de jovens talentos que buscam entre os grandes lutadores do país.

Confira os resultados do WOCS 47:
CARD PRINCIPAL
Oton Jasse venceu Renan Altamiro por finalização (triângulo de mão) no primeiro round
Charles “Blackout” Henrique venceu Wagner Rocha por finalização (triângulo de mão) no primeiro round
Alexandre “Baixinho” Barros venceu Adão Júnior Silva por nocaute técnico no segundo round
Polyana Viana venceu Pâmela “Pitbull” por finalização (armlock) no primeiro round
Patrício “Pitbull” Lima venceu Nelson “Nedy” Souza por nocaute técnico no segundo round
Jansey “Jones” Silva venceu Rômulo Corrêa por nocaute no primeiro round
Renan Costa venceu Douglas Barbosa por nocaute técnico no segundo round
CARD PRELIMINAR
Edcarlos “Peixe” Ferreira venceu Paulo Roberto por desclassificação (chute ilegal)
Rudson Caliocane venceu Caionã “Blade” por nocaute técnico no terceiro round
Mateus “Magriça” Brauns venceu Leandro Vieira por nocaute técnico no primeiro round
Gonzalo Loffer venceu Igor “Pescocinho” Maraçat por decisão unânime (triplo 28-27)
CARD AMADOR
Lenon Rodrigues venceu Vitor Teixeira por decisão unânime (triplo 29-28)
Cristiano “Billy” venceu Tiago Gerônimo por decisão unânime (triplo 30-27)
Israel Pessoa venceu Pedro Henrique Pereira por decisão unânime (triplo 29-28)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: